Pesquisar este blog

sábado, 14 de maio de 2016

O nome maracujá (maracuya) é indígena e quer dizer “alimento na cuia”,


O que é Flor de Maracujá:

Flor de MaracujáA Flor de Maracujá significa a Paixão de Cristo, por isso, é também conhecida como “Flor da Paixão”.
Quando os missionários europeus chegaram à América, se encantaram com a exuberância da flor e associaram de imediato alguns dos seus elementos ao calvário de Cristo. Por esse motivo a flor de maracujá também significa "Coração Ferido".
A simbologia da flor de maracujá foi relacionada da seguinte forma: os três estigmas correspondiam aos três cravos que prenderam Cristo na cruz; as cinco anteras representavam as cinco chagas; as gavinhas eram os açoites usados para o martirizar; por fim, no formato da flor era visível a imagem da coroa de espinhos levada por Cristo para o ato de crucificação.
Os tons de roxo que colorem a flor simbolizam o sangue derramado por Jesus Cristo. Aliás, a cor roxa é usada nos rituais cristãos durante a Semana Santa. A história conta que no século XVII o Papa Paulo V ficou maravilhado quando recebeu flores de maracujá de presente e que ordenou que fossem cultivadas em Roma. As flores que tinham vindo da América do Sul, foram um sinal para o Papa que o Evangelho era também para ser espalhado no "Novo Mundo".
No simbolismo religioso, o formato redondo do fruto maracujá corresponde ao mundo de pecado que Cristo deu a sua vida para o salvar.
Em outras línguas, o maracujá é conhecido como o “fruto da paixão”:passion fruit (em Inglês), fruit de la passion (em Francês), fruta de la pasión(em Espanhol)...
O maracujá pertence ao gênero de plantas Passiflora. Em tupi-guarani, o termo “maracujá” significa “alimento dentro da cuia”. O Brasil é o maior produtor mundial de maracujá-amarelo, porque aqui esta planta encontra condições ideais para crescer, o que explica o fato de existirem no Brasil mais de 150 espécies conhecidas.
Resultado de imagem para maracuya indígenaA primeira referência ao maracujá no Brasil foi em 1587 no Tratado Descritivo do Brasil como "erva que dá fruto". Maracujá é uma denominação indígena, de origem Tupi, que significa "alimento em forma de cuia".

Rico em vitamina C e vitaminas do Complexo B (B2 e B5), contém também quantidades razoáveis de sais minerais como Ferro, Cálcio e Fósforo.

Os poderes sedativos do maracujá são bastante conhecidos. Ele funciona no organismo como um suave calmante. As sementes do maracujá são um poderoso vermífugo. 
Quem não conhece alguma pessoa que usa medicamentos para ansiedade, para dormir ou para depressão? É raro encontrar pessoas que não fazem uso de alguns desses medicamentos. Antigamente a solução para esses males, era caseira e o maracujá era o remédio mais indicado.

O maracujá é um fruto perene, fácil de plantar e de safra praticamente ininterrupta no nordeste e nas regiões mais quentes. Na região sul, a época de maior oferta vai de fevereiro a maio e nada melhor do que aproveitar este momento para saborear esta deliciosa fruta brasileira. 

Quando os espanhóis exploravam a America do Sul, eles descobriram que os índios usavam a folha do maracujazeiro como sedativo. O nome maracujá (maracuya) é indígena e quer dizer “alimento na cuia”, mas logo foi batizada de “passionfruit”, “fruto da paixão,” pelos missionários católicos, porque as flores eram semelhantes a símbolos religiosos.

O sulco da polpa gelatinosa, tão apreciado para preparar sucos, é uma boa fonte de vitamina A e C, fósforo, cálcio e potássio e toda mãe sabe que ele é também um excelente calmante. Nada melhor do que um copo de suco de maracujá para fazer uma criança hiperativa dormir como um anjo. O responsável por este efeito tranqüilizante, cientificamente comprovado, é a passiflorina encontrada nas folhas e na polpa, que tem ação semelhante aos benzodiazepínicos usados para induzir o sono e controlar a ansiedade. Ela tem um efeito sedativo sobre o sistema nervoso central, diminui a pressão arterial e é também um diurético leve. Como a casca é grossa a polpa fica bem protegida dos agrotóxicos, o que rende bons sucos, sorvetes, doces, musses, geléias, molhos, caipirinhas e tudo o que a imaginação permitir.

A semente também é um vermífugo natural e pode ser ingerida com suco da polpa triturada com água no liquidificador. Ela não deve ser consumida por pessoas que tenham doença diverticular.

Quem não gostar do suco pode preparar o chá com a folha do maracujá que vai obter o mesmo efeito tranqüilizante. Como todo medicamento, ele deve ser usado com moderação principalmente porque pode abaixar a pressão nas pessoas mais sensíveis. 

Aquela parte branca que fica aderida na casca é outro medicamento milagroso para os diabéticos. Sabemos que a suplementação de dieta com fibras solúveis é uma importante medida terapêutica no tratamento de pessoas diabéticas e obesas. Pesquisadores brasileiros demonstraram que a farinha obtida da casca tostada e moída, por ser rica em pectina que se transforma num gel no intestino, é capaz de controlar a glicemia e aumentar a sensação de saciedade.

Como se não bastasse tantas propriedades, a crisina, um antioxidante encontrado no maracujá, ajuda a aumentar os níveis de testosterona, sendo indicada para aumentar a libido em ambos os sexos. Em resumo, essa fruta acalma e incendeia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

CEZAR E PAULINHO FESTA DA MELANCIA DE OSCAR BRESSANE