Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Indução para amadurecimento precoce de frutas pode ser proibida na Capital

Indução para amadurecimento precoce de frutas pode ser proibida na Capital
Divulgação
A banana é uma das frutas que sofrem o amadurecimento precoce
Tramita na Câmara de Cuiabá o projeto de lei que pretende proibir o uso de Carbureto de Cálcio e similares, na aceleração do amadurecimento de frutas dentro do município. 

Esta substância é utilizada no cultivo de frutas como a banana, a manga e na floração dos abacaxizeiros, contudo, o carbureto pode permanecer na casca das frutas causando sérios prejuízos à saúde, inclusive, podendo levar ao câncer.

Com esses produtos, a polpa da fruta amolece de forma rápida, de um dia para o outro e ainda perde seu sabor natural. Uma maneira de perceber a utilização do carbureto de cálcio é quando a fruta ficar madura por fora, mas verde por dentro. Mas seu uso é legalizado, pois garante uma colheita mais rápida e a produção é uniforme.

“O objetivo deste projeto é coibir esses abusos, que visam inicialmente os interesses do mercado em detrimento da saúde do consumidor”, defendeu o vereador Adevair Cabral (PDT), autor do projeto, que considera isso uma “agressão ao fruto ainda precoce”.

O projeto de lei recebeu pareceres favoráveis das Comissões do Parlamento e agora seguirá para as votações em plenário.
Luciana Oliveira Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário